Make your own free website on Tripod.com

Métodos Comportamentais ou naturais


"O corpo de uma mulher fértil revela muitos sinais sutis e claros de uma fertilidade cíclica. A história dos períodos menstruais, padrões de temperatura basal, dores abdominais na metade do ciclo, sangramento intermenstrual, turgidez das mamas, padrões de cristalização do muco, posição e consistência do colo uterino, humor e libido, são alguns dos sinais que as mulheres são capazes de perceber sobre sua própria fertilidade." (Hatcher)

Conceito: Métodos de abstinência sexual periódica fundamentadas em sinais e sintomas de fertilidade.

Existem vários tipos de métodos comportamentais


1. Método Billings (Método do muco cervical)

Método no qual a mulher avalia as alterações da quantidade e principalmente a qualidade do seu muco cervical para detectar a fase fértil do ciclo evitando a gravidez.


Muco (indicador de fertilidade)

As características do muco observada ao longo dos dias devem ser registradas em gráfico à noite com os códigos: verde para seco, amarelo para muco e vermelho para sangramento.

  • Sinal verde: Após a menstruação, devido aos baixos níveis de estrógeno e progesterona, o muco cervical é muito pouco ou ausente(sensação de secura). Tem característica de ser espesso, denso e pegajoso. Esta ausência de muco indica infertilidade. Se o crescimento folicular ocorrer rapidamente durante ou logo após a menstruação, o muco logo aparece e esta fase infertil É AUSENTE ou REDUZIDA EM DIAS. (nas mulheres que contém ciclo menstrual menor).
  • Muco pré-ovulatório, não distende, rompe-se


  • Fase fértil: encontramos nessa fase o crescimento folicular e grande produção de estrógeno, estimulando as criptas cervicais a produzirem muco, notado na mulher a sensação de umidade. O muco é fino, esticável ou filante, claro, abundante, mais aquoso (contém 98% de água). Algumas mulheres descrevem esse tipo de muco como clara de ovo, branco, embora possa ser opaco, amarelado ou avermelhado. O pico do muco correspode ao pico da secreção de estrógeno. Este dia do pico do muco, fisiologicamente , antecede a ovulação por não mais do que 3 dias.
  • Muco distensível, tipo fertil
    Muco claro, tipo fértil, pico
  • Segunda fase infértil: após a ovulação , há então uma alteração brusca das características do muco, devido a queda dos níveis de estrógeno e aumento da progesterona, diminuindo a quantidade e as características do muco tornando-se novamente espesso, denso. (Assim, dando-se 3 dias para ovulação, mais 1 dia para a fertilidade do óvulo, a segunda fase infértil do ciclo inicia-se, geralmente no quarto dia após o dia do pico de muco).

  • Como detectar essas alterações?

  • Sensação: pode ser de secura indicando infertilidade, de umidade (molhada) indicando fertilidade máxima, ou sensação nem seco, nem molhado, referido como umidade leve (indica FERTILIDADE POTENCIAL).
  • Muco: deve ser observado na vulva, usualmente no papel do toilete no momento da micção. Podendo notar cor, fluidez, espessura, transparência, filância.

  • Regras para o uso do método para evitar a gravidez sugere-se:

  • Os primeiros cincos dias de fluxo menstrual (período menstrual) mais os dias secos alternados antes da ovulação são considerados dias inférteis. Sugere-se fazer relação sexual em dias alternados, pois o esperma (fluido seminal) pode mascarar a observação do muco.
  • FASE FÉRTIL: o primeiro dia fértil do ciclo é o dia no qual há SENSAÇÃO DE UMIDADE OU O MUCO CORRE. O último dia fértil é o quarto dia após o sintoma do dia do pico do muco.
  • Fase infértil pós-ovulatória: se estende desde o entardecer do quarto dia após o pico do muco até o final do ciclo.
  • Exemplo de um ciclo
    Consulte sempre seu ginecologista, para que você e o profissional , possam encontrar o melhor método e para que ele(a) possa se responsabilizar frente as suas condutas!!!

    Retornar